Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

O que é:
A Acupuntura é uma técnica milenar de cura chinesa que trabalha a harmonização da energia do corpo através da inserção de finíssimas agulhas em pontos espalhados por todo o corpo. De acordo com a teoria chinesa, a manipulação das agulhas trabalha a energia vital ou Qi, que flui por meridianos espalhados por todo o corpo é responsável por sua nutrição. Um bloqueio no livre fluxo do Qi causa desarmonias que consequentemente se transformarão em dor ou doenças.
Para a filosofia chinesa não existe a dicotomia mente x corpo como no pensamento cartesiano ocidental. O homem é observado e tratado de forma integral, de modo holístico, buscando o equilíbrio mental, físico, espiritual e psicológico.
Na prática, a Acupuntura é uma forma eficaz e importante no tratamento de diversos distúrbios como tendinites, fibromialgia, torcicolos, lombalgias, bursites, protusão e hérnia de disco, além de dores musculares.
E exibe excelente resultados no tratamento de enxaqueca, alergia, asma, ansiedade, depressão, insônia, irritabilidade, TPM, obesidade, gastrite além de muitas outras doenças.
O tratamento ocorre de forma simples e suave. É também uma forma mais natural de restabelecimento da saúde, sem efeitos colaterais e utilizando do própria energia reparadora do indivíduo.

Benefícios:
Hoje, com a alta tecnologia dominando em todos os setores, a acupuntura tem ainda seus méritos especiais. Um deles é o de ser um tratamento de natureza essencialmente preventiva, por aumentar determinantemente a resistência do organismo, fortalecendo a sua capacidade intrínseca de se defender das doenças. As observações clínicas e os experimentos científicos confirmam que esse tratamento regula e melhora as funções imunológicas, fortalecendo seu poder de se defender contra qualquer doença. Para se ter uma idéia, na China antiga, o médico era pago para manter a saúde de seus clientes, e, se por acaso esse adoecesse, os honorários cessavam e o médico era obrigado a tratar da doença sem receber nenhum pagamento por isso. Essa sua particularidade de prevenir doenças a torna de grande valia para a saúde em geral, por diminuir muito o número de doentes e, conseqüentemente os gastos públicos com a saúde, nos países onde o método já é praticado.

Indicações:
Enxaquecas, tensão pré-menstrual, osteoporose, artrose, dor nos joelhos, dor cervical, dorsalgia, ciáticas, tendinites, gastrites e outras tantas, mas a indicação maior é o tratamento da dor.